No Blogspot

Após muitos problemas tecnicos aqui na UOL, estou há quase  um mês no Blogspot, sem nenhumn desses problemas. Vou ficar por lá mantendo  a mesma orientação seguida aqui desde o começo em finais de 2005.

Assim, os leitores que salvaram este endereço nos favoritos ou no celular, alterem para

www.jonuel34.blogspot.com

Quem quiser ir  lá agora é só clicar em cima.

Valeu.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 19h45
[] [envie esta mensagem] []



Novo endereço do Blog

www.jonuel34.blogspot.com



Escrito por Jonuel Gonçalves às 12h52
[] [envie esta mensagem] []



Mudança para melhores condições tecnicas

Fazendo testes para mudar o Blog do Jonuel para o blogspot. Link: www.jonuel34.blogspot.com



Escrito por Jonuel Gonçalves às 23h34
[] [envie esta mensagem] []



www.jonuel34.blogspot.com



Escrito por Jonuel Gonçalves às 23h26
[] [envie esta mensagem] []



Blog alternativo

Os sucessivos problemas técnicos com a UOL tem atrasado a  atualização deste blog. Por vezes é até dificil de acessar e postar imagens é um martírio. Para evitar mais surpresas criei um blog alternativo. Caso  este fique parado muito tempo é só ir lá:

jonuel34.blogspot.com



Escrito por Jonuel Gonçalves às 13h54
[] [envie esta mensagem] []



Aniversários de Cidades

 

Duas grandes cidades de lingua portuguesa  comemoram hoje suas datas de  fundação: São Paulo, no Brasil, fundada em 1554 e Luanda, em Angola, (nome no momento da fundação: São Paulo de Luanda) em 1576. A primeira tem 12 milhões de habitantes. A segunda 5 milhões.

 

 



Escrito por Jonuel Gonçalves às 01h27
[] [envie esta mensagem] []



enquanto Obama discursa


as filhas se fotografam e vêm mensagens (foto NYTimes)



Escrito por Jonuel Gonçalves às 22h51
[] [envie esta mensagem] []



Paisagem de Diabali no oeste do Mali



Escrito por Jonuel Gonçalves às 16h24
[] [envie esta mensagem] []



MALI

O Mali, um dos países africanos de maior impacto historico e cultural,  está em guerra desde janeiro de 2012. Guerra movida pelos jihadistas que ocupam o norte  e guerra movida pelos militares golpistas que derrubaram as instituições democraticas, em março do ano passado. Por pressão das formações democraticas do país e da Comunidade de Desenvolvimento dos Estados da Àfrica do Oeste (CEDEAO) esses militares concordaram com a formação de um governo civil interino mas prosseguiram sua presença de brutalidade.  

No passado dia 10 os jihadistas lançaram um ataque em direção ao sul do país e isso modificou tudo. Sem forças próprias para resistir e perante a extrema lentidão na chegada dos contingentes da CEDEAO, o Presidente interino pediu e conseguiu apoio militar francês. Todas as forças progressistas malianas e todos  os países sub-saharianos o apoiam nesse ponto. Os jihadistas estão sob forte pressão e os militares golpistas   são marginalizados.

Esta guerra já se estendeu à Argelia e vai muito provavelmente estender-se a outros Estados do Sahel. E representa desde já um dos maiores combates pela democracia no mundo atual.  



Escrito por Jonuel Gonçalves às 12h30
[] [envie esta mensagem] []



Fui ver e gostei. Pena que perto do final Tarantino tenha resolvido alguns problemas de forma pouco convincente. Mas é uma abordagem sem maniqueismos e tambem sem hesitações sobre o caminho a seguir nos casos de opressões extremas. Excelentes interpretações. Spike Lee atacou o  filme, como sempre acontece quando alguem, que não ele,  mexe na questão racial.  A inveja ou a paranoia de certos diretores de cinema é igual á de certos escritores ou professores-mandarins.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 00h43
[] [envie esta mensagem] []



Continuam problemas tecnicos

O leitor Thiago Felici escreveu para informar que o video da Rihana "We found love" postado em janeiro de 2012 não está carregando. É mais um problema que tenho com  a UOL. Cada vez penso mais  em mudar de servidor. Nenhuma postagem que escrevo entra imediatamente. Aparece  sempre um aviso de falta de espaço e demora dias para ser publicada. Apresentei o problema à ajuda técnica e eles nem sabem do que se trata.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 22h33
[] [envie esta mensagem] []



 

Link para minha entrevista de hoje na Globo News sobre Mali (tem um defeito de alguns segundos no meio):

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/t/todos-os-videos/v/al-qaeda-tem-no-mali-sua-maior-zona-territorial-de-controle-ressalta-especialista/2346575/

 

Link para quem quiser baixar gratis o livro de Tomas Lima Coelho "Autores de Angola":

www.minhasimagens.org

depois ir para: África/Convidados/ Escritos e videos

e lá procurar Tomás Lima Coelho, onde o livro está em ebook.

 



Escrito por Jonuel Gonçalves às 22h13
[] [envie esta mensagem] []



MALI

Prosseguem os combates contra os jihadistas que ocupam o norte do país, onde impõem a Sharia. A aviação francesa, chamada pelo governo maliano de transição, bombardeou posições jihadists  em Gao, perto da cidade histórica de Tombuctu, tambem ocupada por aquelas forças.

Acabei de ler há poucos dias "Panique à Bamako", comprado na minha recente viagem a Paris e gostei muito da criticas escrita sobre esse  livro por Aurelie Dupin no "Journal du Mali" online. 

E continuo procurando  saber algo de meus ex colegas malianos dos tempos de Dakar. Até aqui nada.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 20h54
[] [envie esta mensagem] []



Agressão contra a mulher

A violênca domestica é uma verdadeira guerra. É só somar o numero de  vítimas por semana no mundo e teremos um  quadro nítido. Há países  com instituições voltadas contra essa  violência, há países (ou regiões) onde se criam instituições  favoráveis a violência e há países (ou regiões) onde apesar de instituições  de proteção à muilher, as  agressões continuam.

Neste caso está a Índia. O recente caso de violação sexual coletiva  de uma estudante num transporte publico deste país emocionou o mundo e motivou fortes movimentos de protesto em cidades indianas. Motivou tambem o aumento do numero de mulheres em cursos de auto-defesa. Quando as instituições não funcionam estes  são os únicos caminhos para enfrentar  os criminosos.   

Uma região vítima de recente introdução de repressão contra a mulher é  norte do Mali, desde que ano passado os jihadistas da Al Qaida do Magreb Islamico (Aqmi) Ansar Dine e Mujoa tomaram toda essa região, ocupando cidades como a histórica Tombuctu.  Dois traços dessa ocupação: destruição de mausoleus ou monumentos considerados como adversos ao islamismo salafista e imposição de regras  infernais no cotidiano feminino.

Aqui tambem a unica solução é combater os agressores. Desde ontem, uma grande operação  militar está em andamento contra os  ocupantes do norte maliano. Com presença francesa confirmada e chegada iminente  de soldados  oeste-africanos, em socorro do enfraquecido exercito do Mali.

A passivdade  e o perdão  perante crimes repetidos nunca  fizeram avançar a História.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 12h38
[] [envie esta mensagem] []



A volta das crianças soldados e dos diamantes de sangue?

Porta voz do UNICEF declarou que na Republica Centrafricana, antes do começo da atual guerra em 10 de dezembro de 2012, um total de 2.500 crianças de ambos os sexos estavam mobilizadas em milicias pró-governamentais e milicias rebeldes. Ele acredita que as hostilidades em curso tenham elevado bastante esse numero, embora o UNICEF não consiga dados precisos.

A  Républica Centrafricana é governada por uma ditadura, regime que marca praticamente toda a sua História. Durante anos sofreu mesmo uma das mais sanguinárias opressões africanas pós coloniais,  sob Jean Bedel Bokassa, que se proclamou imperador. Alguns dos conflitos vizinhos incidem em território centrafricano e é provavel que o criminoso de guerra ugandês Joseph Kony, lider da seita politico-militar-religiosa LRA, esteja escondido nas florestas equatoriais deste país.

Na capital, Bangui, uma aliança de partidos políticos civis mantêm uma campanha pelos direitos humanos e denuncia as eleições de 2011 como fraudulentas, ou seja, o atual Presidente François Bozizé está ilegalmente no poder. Alem disso é notoria  sua repressão brutal contra diversos adversários e intimidação generalizada contra os demais.

Movimentos de rebeliões antigas acusaram Bozizé de não cumprir os acordos de paz anteriores, desencadeando um movimento armado, inicialmente apresentado  como protesto pelo não cumprimento dos  acordos,  que depressa se transformou em ofensiva para a derubada de Bozizé. Em duas semanas a rebelião, organizada  na Seleka (Aliança, na principal lingua africana do país),  tomou varias cidades importantes e posicionou-se a 160 Km  de Bangui, em  torno da qual estão algumas centenas de soldados de uma  força multinacional africana (como garantia daqueles acordos) reforçada por uma unidade do Tchad, enviada  de urgência. A França, que possui uma base no país, enviou reforços e, no momento, uns 500 soldados franceses com apoio aéreo devem lá estar. A Àfrica do Sul enviou 200 soldados em apoio a Bozizé e  suspeita-se que este apoio tenha relação com os interesses de empresas da África do Sul na extração de diamantes, principal riqueza da RCA.

Em Paris , os rebeldes  têm dois importantes porta-vozes, ambos filhos de personalidades assassinadas por Bozizé.  Eric Massi, mestiço - caso raro na política de toda a Àfrica Central - e  François Nelson Djdaddeh visto como exemplo da nova geração africana rebelde: 22 anos, estudos universitários, estilo rap e um Facebock onde escreve "a vingança é um prato que se come frio". Frase que muita gente pronuncia - desta ou de outra  forma - em muitos países africanos, com motivos para isso. Alguns dos personagens do meu "Relato de Guerra extrema" têm esse perfil.

A queda de Bozizé assusta outros Chefes de Estado da região, pelo precedente que  abre. A Comunidade Economica dos Estados da Àfrica Central organzia negociações em Libreville (Gabão) onde se aguardam delegações de Bozizé, da Seleka e da oposição civil.

É neste quadro geral que se  situa  a mobilização das crianças soldados com a  agravante da Republica Centrafricana ser forte produtor de  diamantes. Dois dos grandes  flagelos dos conflitos  africanos podem estar de novo em andamento. Como sempre, na base do problema está um ditadura.



Escrito por Jonuel Gonçalves às 17h27
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, COPACABANA, Homem
MSN -



Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
direitos humanos (4 linguas)
movimentos sociais
Acordo Ortografico
UOL - noticias e muitos links
literatura
blog sexo
blog Astridd
blog Saulo
blog Jessica
blog Alcilene
blog Queusei
blog Fridas
Sabina Anzuategui
Desde Cuba
pausa do tempo
papocalcinha
Entremeios
Randa Kassis